segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Fazendo barulho

FAZENDO BARULHO

-Não, mãe! Não é barulho!
Estou tocando pra você!

É a musica que ouvi ontem
na rádio que você ouvia...

Neide Escada da Rosa

........

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Papai Noel Poeta


PAPAI NOEL POETA

Certa vez, aconteceu uma tragédia
na grandiosa fábrica do Papai Noel

Eram dias de muita neve na Lapônia
branqueando do chão até o céu

Congelaram os duendes-operários
Até as grandes máquinas pararam

Papai Noel precisava de uma solução!

Pensou nas pessoas solitárias
e nas crianças cheias de esperanças

Imaginou-se chegando de trenó
vazio, dos presentes, só lembranças

Não precisaria descer pelas chaminés
e nem ganharia leite com biscoitos

-Ah...isso não pode acontecer!

Papai Noel lembrou-se dos papeis
de carta, lindos, que colecionava

Sentou-se, e transformou-se em poeta
Fez versos para todos os que amava

E não eram poucos...era todo o planeta
Recebendo os poemas mais ricos de Natal!

Neide Escada da Rosa

.........

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Casinha Branca na Floresta Encantada



Casinha branca na Floresta Encantada

Eu quero morar numa casinha branca
na floresta encantada, Reino da Fada!

Eu quero dormir numa caminha fofa
no quarto dos sonhos verdes sem paredes!

Eu quero brincar na clareira da dança
onde tem música animada e passarada!

Eu quero sorrir na festa da Balofa
onde tem doces banquetes e sorvetes!


Neide Escada da Rosa


..........

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Era uma vez uma amizade

ERA UMA VEZ ... UMA AMIZADE!

Voando de cá pra lá
pelas imensidões azuis
Pequenino Pégaso
conheceu querubins

Passeando sempre
entre brancas nuvens
Família Pégaso
distribui carinhos

É preciso ter amigos
a eles se dedicar
Como o Pégaso
que voa sem cansar

É bom poder brincar
na paz do coração
Amigo Pégaso
pode cantar uma canção

Conquistando todo anjinho da Criação!


Neide Escada da Rosa

.........

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A Princesinha do mundo cor-de-rosa




A PRINCESINHA DO MUNDO COR-DE-ROSA

Era ela faceira e arteira
uma princesinha feliz!

Vivia em um castelo cor-de-rosa
Cercado pela natureza a florir!

Brincava ela com a paisagem
E com as nuvens a sorrir!

Era ela madrinha da primeira
Fada da Flor-de-lis!

Fazia amigos, toda mimosa
Cercada sempre de alegria!

Dançava ela com os pássaros
E com os convidados da fantasia!

Era ela a dona da brincadeira
Menina e futura imperatriz!


Neide Escada da Rosa

........

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Sopa de Duende





SOPA DE DUENDE

Pintou na cabeça, uma ideia:
-Vamos fazer uma sopa gostosa!
Com o friozinho do inverno na floresta
Não havia coisa melhor!

-Mas quem vai fazer?
Todos juntos aceitaram por mãos à obra...
Com amizade e empenho, tudo dá certo,
Não tem erro nem corpo mole!

Cada duende colocou o seu pitaco,
o seu tempero preferido bem fresquinho...
Com os ingredientes da mata
Não tinha nada mais saudável!

Foi divertido, principalmente ver a coisa ferver...
Deu sopa pra todos se refestelarem na comilança!
Tomando cuidado com o fogo
Não tem perigo que ameace!


Neide Escada da Rosa

...........

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Pé de sapo


PÉ DE SAPO

Pé de sapo
língua de cobra
pó de morcego
suor de bode

Ingredientes
imaginários
ervas batizadas
em segredo

Bichinhos
são amigos
e companheiros
da bruxinha

Que lhes diz
-Bom dia
todo dia
com afago e com carinho!


Neide Escada da Rosa

..........

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Pegadas de Mel



PEGADAS DE MEL

Eram douradas!
Eram pegadas!
Seguimos...

Iam longe...
Iam marcando...
Um caminho!

Doce caminho...
Doce destino...
Uma gostosura!

Era de mel!
Era o Ursinho Pooh!
Encontramos...

A comer...
A lambusar...
Uma travessura!


Neide Escada da Rosa

..........

sábado, 7 de novembro de 2009

Sonhar


Sonhar

Sim, eu posso flutuar
quando arco-íris vem me buscar
é só os olhos fechar
e posso levitar

escalar flores e voar
beijar nuvens e suspirar
posso colorir o ar
e na chuva dançar

Sim, eu posso sonhar
quando o livro vem me chamar
é só nas histórias entrar
e posso viajar

subir montanhas e gritar
pegar pirilampos e brincar
posso nadar no mar
e a sereia namorar


Neide Escada da Rosa

.........

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Enrosco



Enrosco

Pirueta estrela
cinco pontas
cinco quedas

Balanço estrela
cinco pernas
cinco tombos

Bambolê estrela
cinco braços
cinco enroscos

Palhaço estrela
cinco botas
cinco escorregadas

Pobre estrela
cinco pontas
cinco amores...


Neide Escada da Rosa


.....

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Querubim

QUERUBIM

Voa o pequenino anjo
por ter asas de pureza!

-Boa sorte! diz o querubim
quando nos visita de surpresa...

Doa paz e carinho
por este mundo de belezas!

Soa leve o bater das asas
do querubim da singeleza...

Voa o menino anjo,
por ser mensageiro da leveza!


Neide Escada da Rosa

....

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Ha ha ha ha!


Ha ha ha ha!


Ele sempre vinha
com as histórias
mais malucas...

-Eu conheci um índio*
muito esquisito
na floresta...

Ele estava montado num porco!

-Sapinho, pára!
Vais me matar de rir!
Ha ha ha ha!

Ele apenas dizia
o que via com
seus dois olhinhos vivos...

-Ontem no rio
eu vi uma mulher*
pela metade!

Ela tinha rabo de peixe!

-Ha ha ha ha!
Sapinho não conte
tanta piada!

Outro dia, ele
chegou assustado
falou gaguejando...

-Gente, eu vi, eu vi!

Tava ali no meio
da mata, um carinha*
com os pés virados pra trás!

-Sapinho, pára!
Não aguento mais rir!
Ha ha ha ha

Hoje o sapinho
disse que ganhou
um amigo...

-Meu amigo é bonito!
Tem capuz vermelho*
e fuma cachimbo...

Ele pula num pé só!

-Ha ha ha ha!
Sapinho quanta
imaginação você tem!

Que culpa tem
o sapinho falante
se ele é brasileiro?

E vê o que muita gente não vê!


Neide Escada da Rosa

Lendas Brasileiras:
*o índio montado num porco é Caipora, protetor dos animais na floresta,
a mulher com rabo de peixe é Iara, uma índia transformada em sereia,
o carinha dos pés virados para trás é Curupira, protetor da mata,
o amigo que pula um pé só é o Saci-Pererê, o negrinho brincalhão!

....

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Nuvens


NUVENS

ÀS VEZES FICO OBSERVANDO AS NUVENS
ELAS SÃO EMPURRADAS PELOS VENTOS
PRA LÁ E PRA CÁ...E VÃO SORRINDO

CONTANDO HISTÓRIAS NAS FORMAS
VÃO BRINCANDO DE DESENHAR
E EU VOU LENDO...VOU SORRINDO

ÀS VEZES FICO PENSANDO EM SER NUVEM
ME DEIXAR EMPURRAR PELO VENTO
FICAR A FLUTUAR...EU IRIA SORRINDO

FORMANDO FIGURAS EM BRANCO
IRIA INVENTANDO HISTÓRIAS
E EU FARIA ATÉ CHUVA...SEMPRE SORRINDO


Neide Escada da Rosa

..........

sábado, 19 de setembro de 2009

Feiticeiras meninas

(Esta historinha não é minha...meu amigo André foi quem conheceu tão lindas bruxinhas...)

Feiticeiras meninas

Medeia era assim...
Um encanto!
Dos encantamentos de menina

Meneia sua Irmã gêmea...
Encantada!
Mágica de menina

As duas travessas são a loucura
De tão divina experiência de
Minha paixão enfeitiçada

Medeia tem um gato...
Tão pretinho que some na noite
Chama Crepúsculo do dia

Meneia tem um sapo...
Tão verdinho que some na grama
Chama Pula-pula da titia

Gêmeas formam tantas travessuras
Que não tem feitiço que as façam parar
Brincam de voar... E voam sem cansar

Medeia usa um pretinho básico
Com cachos enormes até a cintura
Feiticeirinha morre se as madeixas aparar

Meneia usa um roxinho simples
Seus lisos cabelos formam uma cachoeira
Feiticeirinha desmaia se delas cortar

São aprendizes de bruxinha
As mais lindas bruxas
Que nasceram de um feitiço meu...


André Fernandes


.........

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Mais ou menos



MAIS OU MENOS

Mais ou menos feliz
andava o menino
da estrela no nariz

Mais ou menos bacana
estava o cãozinho
com cara de banana

Mais ou menos belo
era o quieto feiticeiro
do cabelo caramelo

Mais ou menos feio
era o pequeno duende
com barriga sem recheio

Mais ou menos triste
estava o passarinho
das penas cor de alpiste

Mais ou menos atrasado
andava o poeta biruta
com olho esbugalhado


Neide Escada da Rosa
...........

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

No mundo da lua


NO MUNDO DA LUA

Ele sonhou
com o dia
fenomenal

Em que
viveria
em alto-astral

Ele viajou
na ideia
original

De que
venceria
todo o mal

Ele insistiu
na mania
principal

De que
seria
especial

Ele vestiu
a fantasia
sem igual

Em que
sonharia
em azul-real


Neide Escada da Rosa

........

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Chove pétalas


Chove pétalas

Sabe, quando o amor
sai para passear
pelos jardins
praças e parques

A felicidade é geral!

As nuvens preparam
o melhor festival!

Sabe, quando pétalas
caem do céu
pelos gramados,
calçadas e telhados

É algazarra, é folia!

As pessoas festejam
na maior alegria!

Sabe, quando o amor
aquece os corações
a gente sorri,
distribui e agradece!


Neide Escada da Rosa

.....

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

O dia do Pinga-letras



O DIA DO PINGA LETRAS

Nuvens invadiram o céu
mas não eram cinzentas.
Eram nuvens coloridas,
Mais coloridas que o arco-íris!

Caíam letras enfileiradas
brincando de pular cordas.
Enquanto o vento cantava
deixando o mar em marolas!

A criançada pulou contente.
Apanhando as letrinhas,
logo inventaram o jogo...
o jogo do junta-letras!

Cada letra, uma cor.
Na cestinha tanto amor...
Verdes, vermelhos e azuis,
as gotas da emoção!

Juntando letras e cores,
união em jogo lindo...
Palavras surgiram, multicores
e as línguas pintadas se divertiram!

Bolo, Bola, Belo Castelo
Cesta, festa, Nesta Floresta
Curso, Susto, Urso Arbusto
Que delícia brincar de letras!

Pato, Mato, Gato Sapato
Reta, Seta, Neta Caneta
Praça, Traça, Graça Pirraça
Feliz Dia do Pinga Letras!


Neide Escada da Rosa
(parceria de Márcia de Sá e Lena Ferreira)

....

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Brincar e sorrir


Brincar e sorrir

Saí para brincar
no tapete verde
do jardim

Chamei para brincar
as fadinhas
e o querubim

Brincamos de rodar
no mundo grande
sem fim

Vimos a Terra rodar
voei no tapete
do Aladim

Convidei pra dançar
o doce Arcanjo
Serafim

Ele fez o céu dançar
com estrelinhas
sorrindo pra mim!


Neide Escada da Rosa

.........

domingo, 30 de agosto de 2009

Estrela da sorte


ESTRELA DA SORTE

No céu piscou um brilhinho
Era a estrela da sorte
me vendo nascer

A estrela me deu carinho
e luziu mais forte
pra eu crescer

Nunca me deixou sozinho
Sempre, de sul a norte,
esteve a estrelecer

Que bom estar juntinho
da estrela da sorte
brincando de viver!


Neide Escada da Rosa

........

sábado, 22 de agosto de 2009

Jardineiras

JARDINEIRAS

Cada vaso de flor
ou plantinha verde
Recebe o cuidado
de fadinhas-jardineiras

Recebe energia de amor
e carinho também
Toda flor tem
suas fadinhas-madrinhas

Cada pétala de cor
ou folha verdinha
Tem a alegria
de fadinhas-faceiras


Neide Escada da Rosa

....

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Vamu pintá?

VAMU PINTÁ?

Com tintas de todas as cores
Vamos misturar aqui e ali
E ver no que vai dar

Se fica parecido com o sol
Ou com um lindo girassol

Se sai a forma de uma aranha
Ou de um bebê com manha

Se minha pintura sorri
Ou vai pular como o saci

Quero ver você pintar
A folha na frente e atrás
E curtir a dança das cores

Pinte uma lua branca e balofa
Ou uma nuvem bem fofa

A maçã vermelha e brilhante
Ou um coração pulsante

A floresta verde e fresquinha
Ou uma saltitante sapinha

Vale usar todas as cores
E também tua imaginação
O mundo até mais bonito vai ficar!


Neide Escada da Rosa

.............

sábado, 15 de agosto de 2009

A Banda Sapo

A BANDA SAPO

Hoje tem show!
é a Banda Sapo
que vai tocar!

Voz, flauta
e xilofone!
Música no ar...

Preparada,
a galera do rio
e também da lagoa

Pra curtir
toda a festa
numa boa!

Dizem que
a Banda Sapo
nunca cansa!

E toca e canta
até amanhecer
o sol na dança!


Neide Escada da Rosa

.........

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Cigarras e libélulas



Cigarras e libélulas

Estava uma algazarra
no jardim
Ensurdecendo os bichinhos
e a meninada

-Libélula, para um pouco
com a cantoria!
-Não sou eu, sou quietinha!
disse ela.

-Essa gritaria entusiasmada
é coisa da cigarra!
-Você não é cigarra também?
perguntou a criançada.


-Não, sou pequena, bonita
e bem-educada!
-A cigarra é grande e barulhenta!
explicou a libelinha.

-E qual é o bichinho
que junta as asinhas?
-Ah..está é a donzelinha!

Neide Escada da Rosa

....


terça-feira, 4 de agosto de 2009

Inverno

Inverno

Roupas nos deixam
com jeito de mala
cheia e pesada

Ventos nos gelam
o rosto e as mãos

Abraços nos aquecem
com jeito de cobertor
quentinho e perfumado

Amigos nos doam
conforto e o coração


Neide Escada da Rosa

..........

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Ciranda das fadinhas


CIRANDA DAS FADINHAS


No pé de roseira branca
viemos brincar e rodar
Amigas de mãos dadas
viemos rir e festejar

No jardim da tua casa
viemos voar e girar
Amigas bem encantadas
viemos iluminar e doar

No passo da ciranda
viemos alegrar e cantar
Lindas e coloridas fadas
somos do Reino do Ar


Neide Escada da Rosa

.........

terça-feira, 21 de julho de 2009

Amiga

Amiga

Não esqueça
do abraço apertado
e do beijo bem dado

Não esqueça
do brinquedo consertado
e da boneca de vestido arrumado

Não esqueça
do jardim secreto e arranjado
e do urso de pelúcia alaranjado

Não esqueça
do cabelo penteado
e do batom rosado

Não esqueça
que amanhã é dia do bordado
e do chá com biscoito assado

Ah, amiga... e o mais importante:
-Não esqueça de mim!


Neide Escada da Rosa

........

É... o amor está em tudo!


É... o amor está em tudo!

Vejo casais aqui e ali
Passarinhos
pardaizinhos
ou canarinhos

Vejo namorados por aí
De mãos dadas
loirinhos
ou moreninhos

Vejo com carinho profundo
coraçõezinhos
rosinhas ou
vermelhinhos

Vejo o amor do mundo
Colorindo
os ninhos
e os caminhos

Vejo até as flores
de cores
combinadas
e assanhadas

É...o amor está em tudo!


Neide Escada da Rosa

.......

sexta-feira, 3 de julho de 2009

O banho do sol

O Banho do sol

Estava um calorão
naquele verão!
Nem o sol se safou
de tão quente, suou!

Ah...ele chamou uma nuvem
e pediu: -Vem aqui, vem!

Chove em mim
e refresca bem assim!
E a terra também se molhou
de tão contente, festejou!

Ah...chuva de verão é benção!
Que diz: - Como banho é bom!


Neide Escada da Rosa

........

terça-feira, 30 de junho de 2009

Festa nas estrelas

Festa nas estrelas

Na cidade das estrelas
Estava tudo preparado

Limpo, passado
Lustrado e iluminado

Para a festa celestial!

Alegria no céu azulado
Dança e sapateado

Festança no céu
De palco iluminado

É coisa pra lá de especial!


Neide Escada da Rosa

.........

domingo, 21 de junho de 2009

Futebol de menino

Futebol de menino

Teu brinquedo preferido
é o único

Teu sorriso de alegria
é futebol

Menino do brinquedo
repetido

Joga bola no sol
todo dia

Teu jogo preferido
é o mesmo

Teu riso de euforia
é mais um gol!


Neide Escada da Rosa

....

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Gato preto

GATO PRETO

Simpático gato
de preto pelo
Brinca e brinca
e ronrona ruído

Escuro pelo
de gato preto
Voltas e voltas
dás miando comida

Te chamo gato
preto e escuro
Colo e mais colo
ganhas cheio de manhas

Querido e preto
gato ingrato
Dorme e dorme
sumindo na noite

Neide Escada da Rosa

........

domingo, 7 de junho de 2009

Curumim estava triste

Curumim estava triste

Era uma vez
uma tribo
um tanto infeliz

Os curumins
sem sorriso
tristezas sem fins

Porque a mata
havia escondido
a água da cascata

Há dias que nenhum
animal ou índio
ouvia o barulho do tchibum

O Espírito da floresta
estava embrabecido
carecido de uma festa

A tribo se preparou
e quando tinha anoitecido
a cantoria começou

Curumim dançou
com seu melhor sorriso
a fogueira estralou

Amanheceu com a tribo
dançando bonito
com graça e alarido

Foram todos pra cascata
que jorrou o colorido
do Espírito da mata

E completou a festa
no tchibum
dos pulos de alegria na floresta!


Neide Escada da Rosa

......

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Estrelinha apaixonada



ESTRELINHA APAIXONADA

Mais uma vez
pululante
está a estrelinha

Ela não cansa
contente
ama a estrelinha

Suspira de amor
novamente
doce estrelinha

Mais uma vez
a gente
torce pela estrelinha


Neide Escada da Rosa

.......

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Escondidinhos


Escondidinhos

Era noite fria...
E nós, juntos,
Roubamos
o girassol.

A lua, fria
Viu tudo!
Levamos
o girassol.

De manhã,
mês de maio...
Colocamos
o girassol

No vaso, café
da manhã,
dia das mães
com girassol...

Sorrimos o riso do sol!


Neide Escada da Rosa

.............

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Te trago flores

Te trago flores

Flor amarela
pra sorrir
na janela

Flor vermelha
pra fazer o que
der na telha

Flor branca
pra abraçar
e sossegar

Flor rosa
pra amar
e passear

Te trago flores
pra te seguir
por onde fores...


Neide Escada da Rosa

...........

domingo, 17 de maio de 2009

O dia da estrela da sorte



O dia da estrela da sorte

Chegando o inverno
luz fria irradia
da estrela pequenininha

Gelando a noite
o inverno preparava
a semente pro verão

Cantando um samba
estrelas piscam
sorrindo para o frio

Dourando o céu
uma sorte chegou
linda ela era, amarelinha

Brilhando alegria
ela ligeira, entrou
no coração da estrelinha

Esquentando o peito
e a luz, estrela
da sorte ela se tornou

Ventando noite fria
inverno do sul
estrela da sorte amou


Neide Escada da Rosa

...........

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Menino poeta


Menino poeta

Sempre atrás das palavras ele andava
palavras escritas ou palavras faladas
palavras entendidas ou perguntadas

De procurar palavras ele nunca cansava
nas músicas, palavras cantadas
na feira, palavras gritadas

Com meio mundo ele conversava
dizia palavras repetidas e inventadas
ouvia palavras bonitas e engraçadas

De tanto procurar palavras ele voava
na imaginação, palavra pensada
na poesia, palavra rimada

O menino poeta sonhava...

Neide Escada da Rosa

..........

terça-feira, 12 de maio de 2009

Primavera, verão, outono e inverno

Primavera, verão, outono e inverno

Primavera flor
em meu jardim brotou
felicidade ela se chamou
botãozinho de amor

Verão calor
e meu corpo suou
alegria me chamou
sol de amor

Outono frescor
no meu jardim ventou
carinho me chamou
friozinho de amor

Inverno sem cor
e meu corpo tremeu
caminha me chamou
quentinho de cobertor


Neide Escada da Rosa

..........

sábado, 9 de maio de 2009

Feliz querubim


Feliz Querubim

Veio me visitar
um feliz querubim

Ele me deu um abraço
Quase sem fim

Sussurrou no meu ouvido
uma cantiga feita pra mim

Fiquei sentindo aquele carinho
cheirinho doce de jasmim

Acordei me sentindo leve
como o voo do feliz querubim


Neide Escada da Rosa

.........

terça-feira, 5 de maio de 2009

Meu amor



Meu amor

Suspirando
eu fecho os olhos
e te vejo

meu amor

Sorrindo
eu sonho bonito
e te beijo

meu amor

Brincando
eu fecho os olhos
e te beijo

meu amor

Dormindo
eu sonho bonito
e te vejo

meu amor

Neide Escada da Rosa

...............

domingo, 3 de maio de 2009

Ratinho apaixonado

Ratinho apaixonado

De vez em quando
eu encontro o ratinho
amiguinho feliz e apaixonado

Ele me traz flores
e um sorrisinho
coloridinho de amor-perfeito

Sempre que conversamos
eu aprendo um pouco
sobre ser apaixonado

Ele me conta coisas
sem nenhum sufoco
e assim eu lembro do que o amor é feito:

De puro carinho!


Neide Escada da Rosa

..........

segunda-feira, 27 de abril de 2009

No recreio


NO RECREIO

Todo dia
na hora do recreio
A gente brinca

Gosto de ti
da sua companhia
A gente ri

Brinca de correr
pelo pátio da escola
Pula corda

A gente divide
todo brinquedo
Vai pra aula

A gente estuda
toda a lição
Vai embora

A gente é amigo
é irmão
A gente se adora!

Neide Escada da Rosa

..........

sábado, 25 de abril de 2009

Feliz

FELIZ

O momento mais feliz
é aquele do abraço

A idade mais feliz
é aquela sem cansaço

Quero te ver feliz
todo o tempo

Porque o mais feliz
dos sentimentos

É amar sem ver passar o tempo...


Neide Escada da Rosa

..........

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Sonho na mata



Sonho na mata

Com o cavalo que traz sonhos
Viajei até a floresta

Encontrei muitos animais
Com cores de natureza

Com a magia dos sonhos
Peguei na mão o tucano

Conversei sobre a mata
E acordei sentindo o cheiro da beleza!


Neide Escada da Rosa

.........